Nutrição

Dieta | Qual a melhor e mais eficaz para perda de peso?

A perda de peso parece ser o objectivo que todos pelos menos em alguma momento das suas vidas procuram, seja por motivos estéticos ou porque simplesmente procuram melhorar a saúde e o bem estar em geral.

Há muitas formas de perder peso, mas qual será a forma mais eficaz de todas? Será ir ao ginásio sete dias por semana, ou será que é mais eficaz pesar toda a comida que ingerimos, reduzir os hidratos de carbono e certificarmo-nos que não excedemos as calorias que precisamos? Vamos procurar neste artigo mostrar vários métodos para perder peso e qual o mais eficaz.


Qual a melhor dieta?


Dieta low carb/baixa em hidratos de carbono

A popularidade destas dietas é enorme. São inúmeras as pessoas a dizerem que cortaram nos hidratos de carbono, como o pão, a massa e as batatas para perderem gordura. Mas será este o melhor caminho?

 

As dietas baixas em hidratos de carbono têm um propósito, que é provocar um estado de cetose no nosso corpo. A cetose é um estado em que o corpo se vê obrigado a utilizar as gorduras e a proteína como fonte de energia em vez dos hidratos de carbono.

As dietas baixas em hidratos de carbono costumam restringir a ingestão dos mesmos para um máximo de 20g por dia. E o corte não se limita a alimentos como arroz, massa, pão ou batatas. Os alimentos proibidos são também os lacticínios, a fruta e as leguminosas.

Vantagens

promove a perda de peso

por norma há mais perda de gordura que de músculo

previne diabetes

melhora a sensibilidade à insulina

Desvantagens

✓ pode levar a falta de energia e cansaço

a ingestão alta de gordura pode aumentar o colesterol

pode levar a um défice em vitaminas e minerais

pode afectar a produção hormonal

Dietas baixas em gordura

A gordura é o macronutriente mais denso que temos disponível. Fornece 9 calorias por cada grama. Por isso facilmente as dietas baixas em gordura são também conhecidas por dietas baixas em calorias. E surge a pergunta: é esta a melhor abordagem?

 

As dietas baixas em calorias e em gorduras resultam em perda de peso devido ao défice calórico, no entanto esta perda de peso não é sustentável a longo prazo e pode ser perigosa.

Estar muito tempo com uma ingestão calórica abaixo daquilo que o nosso metabolismo precisa pode ser um caminho bastante errado a tomar.

Vantagens

rápida perda de peso

por norma maior consumo de frutas e vegetais

Desvantagens

a perda de peso rápida pode ser perigosa

afecta negativamente as hormonas devido à eliminação das gorduras

aumenta a fadiga

desacelera o metabolismo


Que conclusão tirar daqui? Qual a melhor?


Nem uma, nem outra. A escolha ideal é um meio termo, uma espécie de fusão das duas. Devemos procurar reduzir os hidratos de carbono e moderar as gorduras (optar apenas pelas saudáveis). Desta forma vamos reduzir a nossa principal fonte de energia, os hidratos, permitindo que o corpo utilize também a gordura armazenada como fonte energética, e não vamos desregular o painel hormonal com a eliminação das gorduras.

Em forma de resumo: gorduras saudáveis moderadas+redução do consumo de hidratos+um dia com uma cheat meal semanal. (A razão da cheat meal é apenas evitar que o metabolismo seja prejudicado)

Sem Etiquetas



MrProtein

MrProtein

Escritor


Quais são os produtos preferidos dos nossos leitores?👀 Clica e descobre 🚀