Nutrição

Dieta da Proteína | Como fazer? Cardápio e Benefícios

Hoje em dia encontramos mil e uma dietas pela internet fora, em revistas e até na televisão com promessas de emagrecimento de mudanças incríveis no corpo. Umas funcionam, outras nem tanto assim, então o que devemos escolher para nós com tanta oferta disponível na nossa frente?

Neste artigo vamos falar um pouco sobre uma dieta, que dá pelo nome de dieta da proteína.


O que é e em que se baseia esta dieta?


Tal como o nome nos diz, é uma dieta que tem como base a proteína. Na verdade grande parte da alimentação consiste em proteína.

Os alimentos utilizadas neste dieta são a carne vermelha ou a carne branca, ovos, peixe e whey protein. É conveniente usarmos fontes proteicas baixas em gordura, por isso devemos ter cuidado na escolha das carnes, optando sempre pelos cortes magros da carne vermelha e o peito de frango e peru, fugindo de coxas e asas.

Com estas opções alimentares na dieta e nas quantidades adequadas, porque afinal a proteína também tem calorias, vamos obter resultados muito satisfatórios, e perceber que afinal a dieta não tem de ser algo tão difícil assim. Claro que exige esforço e dedicação da nossa parte, mas se fizermos com gosto não será um problema.

dieta da proteína


Benefícios


Perda de peso. Claro que este é o principal objectivo desta dieta, e seguindo as regras alimentares estabelecidas, irás ver uma grande diferença em termos de peso.

Saciante. Vais sentir que o teu apetite vai andar bem mais controlado, e a vontade de fugir da dieta vai ser bem menor.

Variedade na dieta. As opções que terás na dieta são imensas, por isso aquela falta de vontade de continuar a dieta porque estás farto não irá acontecer.

Aumento do metabolismo. Sendo uma dieta rica em proteína, vai existir um aumento do metabolismo corporal, e com isto iremos estar mais aptos a queimar calorias, ou seja, aquela gordura chata irá ser utilizada como a próxima fonte de energia do nosso corpo.

Manutenção da massa muscular. Sendo uma dieta rica em proteína, temos o macronutriente anticatabólico sempre presente, além de nos fornecer sempre energia constante ao longo do dia.

Reeducação alimentar. É um ponto extremamente importante, pois caso não exista reeducação alimentar, não existem resultados sólidos. Esta dieta proporciona-te isso.

dieta da proteína


Cardápio e como fazer a dieta da proteína


Os alimentos que são permitidos na dieta da proteína são fontes proteicas de qualidade, como já tínhamos referido acima, e vegetais.

todas as carnes magras, peixe e ovos

queijo fresco magro, iogurte magro

todo o tipo de vegetais como: brócolos, couves, espinafres, alface, agrião, tomate, pepino ou cenoura

boas fontes de gordura como frutos secos, azeite e vários tipos de sementes

abacate e limão

Os alimentos proibidos são essencialmente fontes de hidratos de carbono.

as fontes de hidratos como pão, massas, batatas e arroz estão proibidas

leguminosas

frutas

dieta da proteína

Um exemplo de um dia com esta dieta poderia ser:

Pequeno almoço: um abacate + um queijo fresco

Lanche da manhã: um iogurte magro

Almoço: peito de frango + salada variada

Lanche da tarde: 2 ovos mexidos + uma mão de frutos secos

Jantar: peixe grelhado + salada variada + azeite

Sem Etiquetas



MrProtein

MrProtein

Escritor


🎁 Selecionámos os produtos favoritos dos nossos leitores: de Manteiga de Amendoim, a HTP, Aveia Instantânea e muitos mais! Clica e descobre 🚀