Nutrição

Dietas rápidas para emagrecer: porque devo evitá-las?

Claro que todos que têm peso a mais adorariam acordar no dia seguinte sem a gordura em excesso, no entanto isso não é algo possível de acontecer com ninguém. No entanto se pesquisarmos na internet por dietas rápidas as respostas serão imensas, mas será que são realistas? Não, não são. A maioria das vezes os números prometidos são irrealistas, seja o tempo para atingir determinado peso, ou as milagrosas quantidades de quilos que conseguiremos abater em poucas semanas.

dietas rápidas

Emagrecer de forma saudável não é difícil, mas exige tempo e dedicação. É quase sempre necessária uma autêntica reeducação alimentar, pois os hábitos actuais são a última coisa que devemos fazer para perder peso, além de ser necessário entrar no mundo do desporto e actividade física de forma regular. Se cumprirmos estes dois simples pontos, sim, poderemos esperar perda de peso com saúde e de forma sustentável.


Os problemas das “dietas rápidas”


Existem vários problemas associados a estas dietas, e que podem levar mesmo a graves complicações em termos de saúde.

1) Efeito ioiô

Ao privares o teu corpo de forma muito brusca de nutrientes essenciais, ele entra em estado de alerta, vai baixar o metabolismo e isso vai-te complicar na perda de peso. Outro problema associado a isto, e que dá o nome ao título deste tópico, é que a partir do momento que aumentes novamente as calorias, irás recuperar parte ou quase todo o peso que perdeste. Emagrecer rápido é sinónimo de engordar rápido.

2) Desnutrição

É previsível que se cortas de forma drástica nos nutrientes irás ter carências dos mesmos, em particular nos micronutrientes, as vitaminas e minerais.

dieta rápidas

3) Aumento da flacidez

Se tivermos uma perda de peso muito rápida, dificilmente a pele acompanha esta velocidade ganhando flacidez. A falta de nutrientes leva a que isto aconteça com facilidade, pois perdemos qualquer elasticidade na pele.

4) Fome em excesso

Já falamos aqui neste artigo sobre o problema de termos a produção de leptina em baixo. E é isso que acontece quando reduzimos a quantidade de comida, e sem leptina devido à ingestão mínima de alimento, aumenta a fome e a necessidade de comer. Isto leva a dois problemas: a dieta ser um sacrifício, e uma luta diária para comermos mais do que aquilo que está estipulado, ou então facilmente falhamos.

dietas rápidas

5) Outros problemas de saúde

Como já referimos anteriormente, as carência em vitaminas minerais podem levar a sérios problemas de saúde. Quem seguir dietas destas pode vir a ter problemas como anemias, um sistema imunitário fraco, problemas nos ossos e articulações e sentir-se letárgico e sem qualquer energia para seguir o dia, seja no treino ou nas tarefas diárias.


Conclusão


O que concluir então de dietas rápidas, cheias de promessas de resultados incríveis e em pouco tempo? Devemos ponderar muito bem acerca disso, pois essas dietas a maiorias das vezes não cumprem aquilo que prometem, e para atingirmos os resultados ou algo próximo disso, temos que tomar medidas drásticas que nos prejudicam em termos de saúde, e no final todo o esforço foi tido em vão.

Sem Etiquetas



MrProtein

MrProtein

Escritor


💥DESCONTO EXCLUSIVO THE ZONE!💥50% Pack de vitaminas 🎁 | Código PTZONE Compra já!