Nutrição

Futebol | A alimentação de um futebolista

Como qualquer desporto intenso e exigente, um jogador de futebol deve ter uma grande atenção ao que come diariamente, pois isso vai condicionar os resultados em campo.

Praticas futebol de forma regular e não sabes se segues uma alimentação adequada ao desporto que realizas? Não penses que seguir dietas é coisa apenas de quem quer perder peso ou ganhar massa muscular. A alimentação no futebol é importante da mesma forma que é  para o praticante de musculação.


Macronutrientes


 

Hidratos de carbono: são a tua fonte energética, aquilo que te vai dar a energia para correres quilómetros durante o jogo ou o treino. Deves ter sempre na tua alimentação diária excelentes fontes de hidratos de carbono, como: arroz, batata, batata doce, aveia ou feijão.

Proteína: é a proteína que te vai reparar e construir os músculos, e permitir-te estares apto para o teu próximo jogo de futebol. Nunca te esqueças de ter fontes proteicas em todas as tuas refeições: Carnes brancas, carnes vermelhas, peixe, ovos e mesmo proteínas em pó nunca podem ser esquecidas nas tuas refeições.

alimentação de um futebolista

Gordura: são essenciais para o bom funcionamento do teu organismo. Participam na produção de hormonas, na absorção de vitaminas e são uma excelente fonte de energia. Frutos secos, peixes gordos ou azeite são excelentes fontes.


O pequeno almoço de um futebolista


 

Os dias de treino devem começar com um pequeno almoço completo em nutrientes. Uma taça de aveia para fornecer energia, e ovos mexidos como fonte proteica e energética são um bom começo de dia.

Uma dose extra de vitaminas e antioxidantes é bem vinda, por isso uma colher de sopa de frutos vermelhos secos são uma óptima ideia.

alimentação de um futebolista


O pós-treino


 

A recuperação após um treino é super importante. Fontes de hidratos e proteínas devem estar presentes nesta fase. Uma boa opção, rápida e muito eficaz passa pela utilização de uma proteína de absorção rápida como a whey, e hidratos de carbono também de absorção rápida, como maltodextrina ou dextrose.

Há quem prefira usar géis energéticos, devido à facilidade de consumo e transporte. Os géis são uma excelente opção para repor os hidratos de carbono e minerais.


Conclusão


alimentação de um futebolista

A alimentação de um futebolista não será muito diferente de um atleta de outro desporto colectivo. Deve ser rica em fontes de energia, como hidratos de carbono, e ter uma quantidade moderada de proteína e gordura. Claro que as necessidades proteicas de um futebolista são inferiores às de um culturista, no entanto a sua necessidade calórica é bastante alta.

Deves procurar ingerir hidratos de carbono ao longo do dia, sempre de fontes de absorção lenta, e jamais te esqueças da importância da recuperação após cada treino ou jogo.

Sem Etiquetas



MrProtein

MrProtein

Escritor


🎁 Selecionámos os produtos favoritos dos nossos leitores: de Manteiga de Amendoim, a HTP, Aveia Instantânea e muitos mais! Clica e descobre 🚀