Nutrição

Grelina e Leptina | Influenciam a perda de peso?

Por Luís Veiga

Atleta IFBB de Culturismo

Antes de responder a esta pergunta convém saber sobre um pouco mais sobre o que estamos a falar.

O que é a Grelina?

A grelina é uma hormona que é produzida principalmente em células especializadas do estômago e pâncreas e é encarregada de gerar a sensação de fome que nos avisa da necessidade de ingerir nutrientes. Apresentam-se níveis muitos altos de grelina antes de comer e diminuem drasticamente quando terminamos a refeição, sendo que depois começam a elevar-se novamente até à seguinte refeição. Quando estamos em dieta hipocalórica a concentração desta hormona no sangue é maior e por isso sentimos uma continua sensação de apetite.

grelina e leptina

E a Leptina, o que é?

Pois bem, à parte da grelina existem mais hormonas relacionadas com a nossa vontade (ou falta de vontade) em comer. Destacamos a insulina, a melatonina, as hormonais sexuais e a leptina que é uma antagonista da grelina. Ou seja, a sua função principal é suprimir o apetite, comunicando ao nosso cérebro que já estamos saciados. Tem, portanto, a função inversa à grelina. e tal como a insulina é secretada em proporção à massa adiposa e actua perifericamente, estimulando o catabolismo.

Ou seja, a leptina e a grelina são duas hormonas com reconhecida influência no balanço energético. A leptina como mediador a longo prazo deste balanço energético e supressor da ingestão de alimentos, tem um papel importante na redução de peso.

Teoricamente, se existisse um equilíbrio perfeito a nível hormonal, as pessoas não poderiam sofrer de sobrepeso ou obesidade. No entanto, actualmente a taxa de sobrepeso na Europa é bastante maior que há algumas décadas atrás. E um dos maiores culpados neste desequilíbrio é o consumo de comidas com alto teor em gorduras saturadas, onde por vezes a falta de sono também pode influenciar.

grelina e leptina

Podemos recuperar este equilíbrio e perder peso?

Sim, há certo hábitos que podemos incluir na nossa rotina diária para melhorar o funcionamento do nosso sistema hormonal e consequentemente aumentar o anabolismo e a perda de gordura. Dos quais podemos  destacar:

✓ Substituir comidas ricas em gorduras saturadas por comidas com proteína e hidratos de carbono complexos, para manter os níveis de leptina e aumentar a sensação de saciedade.

✓ Dormir bem, pois descansando menos de 7 a 8 horas alteramos o funcionamento das nossas hormonas. Isto porque o organismo cria uma maior sensação de apetite pois tenta substituir a falta de descanso pela energia proveniente das comidas, “pedindo” assim mais comida.

✓ Criar rotinas que permitam comer de 3h em 3h no máximo

✓ Fazer exercício físico. Pelo menos 30min diários de actividade moderada a intensa, pois vai ajudar a reduzir os níveis de grelina no sangue.

Conclusão | A grelina e leptina ajudam a perder peso?

Sim, a grelina e a leptina são hormonas que influenciam a perda ou subida de peso. Ou seja, se comemos mal e se não praticamos exercício físico, com isso teremos um estilo de vida sedentário e vamos ter tendência a ser pessoas com sobrepeso ou obesidade. Sendo assim, um  maior índice de gordura corporal deveria ser um indicador de mais leptina, pois esta é produzida de forma proporcional ao numero de células gordas, o que teoricamente nos faria ter mais quantidade de leptina no sangue e consequentemente menos apetite.

Mas a verdade é que está cientificamente demonstrado que pessoas com sobrepeso ou obesidade não respondem à presença da leptina no sangue, e como consequência a sensação de apetite pode ser constante e a tendência em continuar a subir peso é maior pois não controlam o apetite, e na maioria das vezes não praticam desporto para queimar as calorias em excesso.

Sem Etiquetas




Quais são os produtos preferidos dos nossos leitores?👀 Clica e descobre 🚀