Suplementos

Ácido Hialurónico | O que é? | Benefícios e efeitos secundários

Ácido Hialurónico | O que é? | Benefícios e efeitos secundários

Neste artigo, procuraremos, de forma resumida, debruçarmo-nos sobre o que é o ácido hialurónico, quais os seus benefícios e qual a melhor forma de o incorporares na tua rotina de treino e no teu dia-a-dia, de forma a obteres os melhores resultados.


1.O que é o ácido hialurónico (doravante referido como A.H.)?


O ácido hialurónico é uma substância naturalmente produzida pelo organismo que está presente em todos os tecidos, especialmente nas articulações, na pele e nos olhos.

O ácido hialurónico (A.H.) é um glicosaminoglicano, encontrado em todo o corpo, embora se concentre principalmente no líquido sinovial, no humor vítreo do olho, na cartilagem, nos vasos sanguíneos, e no cordão umbilical.

alongamento_braço

O ácido hialurónico está envolvido em muitos processos que ocorrem no nosso organismo, tendo um papel chave na cicatrização de feridas, regeneração celular e lubrificação das articulações e do sistema conjuntivo.

Este ácido desempenha ainda um papel fundamental na hidratação da nossa pele, sendo por isso, não raras vezes, considerado um excelente produto para retardar os efeitos do passar da idade.


2.Porquê tomá-lo?


Se já está presente no nosso organismo, porquê tomá-lo? É exatamente a esta questão que pretendemos responder até final deste artigo.

Na verdade, embora o A.H. já esteja, de facto, presente no nosso organismo, está provado cientificamente que o corpo produz menos A.H. à medida que envelhecemos, o que contribui, essencialmente, para 3 coisas:

  • Flacidez da pele
  • Rugas
  • Deterioração das cartilagens.

Para um melhor entendimento da importância do A.H. para proteger as nossas cartilagens e articulações, pensa nele como uma substância gelatinosa que lubrifica as chamadas “cápsulas articulares”.


3.Benefícios do ácido hialurónico


O A.H. tem um conjunto de propriedades, que abordaremos em seguida, e que o tornam num elemento fulcral para o teu plano de alimentação.

atleta_alongamento_pernas

Ora vejamos, agora mais em detalhe, quais as grandes vantagens e os benefícios da sua ingestão:

Contribui para a hidratação dos tecidos, especialmente da pele, funcionando como um agente de combate aos radicais livres. Uma das principais propriedades do A.H. é a sua capacidade de hidratar, já que as suas moléculas são hidrofílicas.

Nesse sentido, podem absorver até 1000 vezes o seu próprio peso em água.

Com o passar da idade, há uma redução na síntese de ácido hialurónico, e, assim, a capacidade do nosso organismo para reter água nas células e tecidos diminui.

Assim, será seguro afirmar que uma maior percentagem de ácido hialurónico equivale a uma maior hidratação da pele e a uma redução da velocidade a que esta envelhece.

Por isso, lembra-te, que a ingestão de A.H. previne o aparecimento das famigeradas rugas.

atleta_correr_rua

Já reparaste que os recém-nascidos, têm sempre uma pele macia, delicada e suave ao toque? A principal razão é o simples facto de nascerem com elevada percentagem de ácido hialurónico, o que lhes permite manter aquela aparência suave.


a)Promove a lubrificação do sistema articular e ajuda a prevenir lesões


O ácido hialurónico é a forma mais ativa de GAG (glicosaminoglicanos, um tipo de polissacarídeo) e funciona como um amortecedor, ou seja, ajuda a absorver os contínuos impactos a que as nossas articulações estão sujeitas.

Da mesma forma, mantém lubrificada a articulação, contribuindo para proteger a mesma, assim como, os próprios ossos.

Como à medida que envelhecemos, o nosso corpo começa a produzir menos quantidade de A.H., mostra-se de fulcral importância, a ingestão desta substância, daí a suplementação nestes casos ser tão importante.

A ingestão de A.H. desempenha um papel activo na prevenção e alívio de problemas nas articulações como dor, rigidez, falta de mobilidade, lesões, etc.

atleta_descanso_verao

Calcula-se que, cerca de 40% das pessoas com mais de 65 anos sofram de problemas nas articulações, daí a importância de se agir preventivamente, antes que eles apareçam.

Tomar um suplemento de ácido hialurónico pode ajudar, evitar ou minimizar estes problemas, já que é essencial para a formação, do líquido sinovial que suporta os ossos e as articulações, fornecendo também um amortecimento para as articulações.

Por fim, ajuda a transportar nutrientes para nutrir e reabastecer a cartilagem.


b)Prevenção de lesões ocorridas durante a atividade física.


O uso de A.H. é também bastante recomendável para praticantes de musculação, ou de qualquer outro desporto, que envolva impacto nas articulações.

Isto deve-se ao facto de contribuir para aumentar a lubrificação destas, o que, na prática, se traduz, numa maior proteção face ao impacto que, inevitavelmente sofrem aquando do treino, principalmente no âmbito de treinos de musculação pesados.


c)Cicatrização mais rápida.


Com a utilização de A.H. a renovação celular da pele é acelerada. Assim, esta tem uma regeneração mais rápida, diminuindo manchas, cicatrizes, marcas de espinhas, entre outros.

atleta_postreino_agachado


4.Riscos relacionados com a ingestão de ácido hialurónico.


Uma vez que se trata de uma substância já presente no nosso organismo, podemos afirmar com certeza que, até à data, ainda não foi descoberto qualquer tipo de malefício, ou efeito secundário negativo proveniente do seu uso.

No entanto, recomendamos que, antes de tomar qualquer suplemento, consulte o seu médico ou um técnico da área.


5.Para quem é indicado o uso do ácido hialurónico?


O ácido hialurónico é recomendado para todas as pessoas que praticam atividades físicas e desejam proteger as articulações. Deste modo, atua como um lubrificante, prevenindo lesões e outros problemas.

O seu uso também evita as dores causadas pelo impacto dos movimentos. Com isso, o treino pode render mais e trazer melhores resultados.

atleta_repouso_pordosol


6.Como tomar/ ingerir o ácido hialurónico?


O ácido hialurónico, além de estar presente no nosso organismo, pode ser também facilmente encontrado em vários alimentos.

Alguns tipos de alimentos, que te permitirão ingerir alguma quantidade desta substância, são:

  • Carnes fibrosas, tais como, cordeiro, vitela, carne bovina, de peru e pato, são ricas em ácido hialurónico.
  • Partes de animais com tendões e cartilagens, tais como: pé de galinha, moela, tutano e outros. Não são tão comuns no dia-a-dia, mas são ricas fontes desse ácido.
  • Salmão é também uma excelente fonte.
  • Soja e derivados, tais como, leite de soja e tofu.
  • Batata e batata-doce.

Além de o encontrarmos em fontes alimentares, o A.H. pode também ser ingerido através de cápsulas.

A forma mais simples de tomar este suplemento, será simplesmente, ingerir uma cápsula ao dia, depois da/com a refeição.

Existe também a possibilidade de adquirir, e aplicar A.H. em gel, sob a área desejada.

Neste caso, a aplicação do gel deve ser realizada 3 a 4 vezes ao dia, sempre estando alerta face a possíveis sintomas alérgicos que possam eventualmente surgir.

Bom descanso e bons treinos.



Ricardo Moniz

Ricardo Moniz

Escritor

Ricardo Moniz, nascido em S.Miguel Açores, 27 anos, atleta federado de diversos desportos, desde natação, a futebol e futsal. Apaixonado por fitness e nutrição desde os 16 anos e praticante de musculação há 10 anos. Formado em Direito, e detentor de um mestrado em Direito Forense e Arbitragem.