0
Carrinho

Não existem quaisquer items no carrinho

Suplementos

Fadiga adrenal | O que é? Como diagnosticar e tratar?

Sentes-te exausto, stressado, fatigado, sem ânimo, não recuperas…. Presta atenção!


O que é?


A Fadiga adrenal é um distúrbio causado pelo esgotamento das glândulas supra-renais, cuja sintomatologia mais frequente é a fadiga física, mental, emocional e que pode não desaparecer com o descanso.

O mau funcionamento das supra-renais, provoca uma diminuição dos níveis de cortisol, afectando o teu estado emocional, deixando-te exausto, doente e fraco.

 

fadiga_adrenal_Agua

As tuas rotinas diárias, hábitos alimentares, as escolhas que fazes, etc., fazem com que o teu organismo esteja sujeito a um stress intenso e prolongado. Este processo obriga a que as supra-renais sejam sujeitas a um overuse, originando a fadiga adrenal.

É um distúrbio facilmente confundido com outras patologias, tais como a depressão, fibromialgia, gripes ou até mesmo anemia, como tal o diagnóstico é essencial para a resolução.

As supra-renais são duas glândulas endócrinas situadas acima dos rins e com o stress excessivo, produzem adrenalina (epinefrina), noradrenalina (norepinefrina) e cortisol.

Em casos de stress agudo e de curta duração, a libertação hormonal, através da homeostasia corporal, facilmente é regulada e regenerada. O problema surge quando o stress se torna crónico provocando uma diminuição do cortisol. Esta diminuição leva ao aparecimento da fadiga adrenal.

corrida_Anti_fadiga_adrenal
O cenário grave desta evolução é a doença de Addison, em que as supra-renais deixaram de produzir cortisol em níveis aceitáveis (20 a 60 normal; ≤19 Cortisol baixo, doença de Addison; ≥61 Cortisol elevado, síndrome de Cushing).

Se os teus níveis de cortisol estiverem baixos, mas ainda dentro dos parâmetros normais (± 20 a 25), o que podes ter na realidade é fadiga adrenal.

É bastante difícil de diagnosticar pois não tem nenhum código de classificação internacional de doenças, podendo ser despistada através análises clinicas, para avaliar as hormonas produzidas pelas supra-renais e tiróide, teste de contracção da íris ou o teste de Ragland (hipotensão postural).

atleta_sessao_fadiga


Sintomas


A fadiga adrenal possui uma sintomatologia muito diversificada, como tal é estar atento a:
• Cansaço e mau estar persistentes
• Fadiga física e mental
• Infecções e gripes frequentes
• Dores corporais generalizadas sem causa aparente
• Aumento de peso
• Ansiedade e irritabilidade
• Distúrbios do sono
• Diminuição da libido
• Tonturas
• Tristeza e Apatia
• Compulsão por doces, salgados e cafeína
• Diminuição da tensão arterial.

atleta_repouso_fadiga


Como tratar a fadiga adrenal?


A boa notícia é que parte do problema pode ser fácil de resolveres, corrige os hábitos alimentares, muda o teu estilo de vida, melhora a qualidade de sono, associados ao exercício físico e suplementação:

• Melhora a tua dieta!
Evita o Jejum! Não podes passar longos períodos sem comer e toma sempre o pequeno-almoço;
• Faz refeições equilibradas, mas que contenham todos os macronutrientes numa proporção equilibrada;
• Dá prevalência a carnes, peixe, ovos, cereais não refinados (arroz integral, aveia, trigo sarraceno, quinoa) e gorduras monoinsaturadas como o azeite;

atleta_repouso

× Evita: Álcool, estimuladores, bebidas energéticas, café e açúcar ou alimentos a que sejas alérgico

√ Investe em alimentos ricos em Ómega 3 (salmão, cavala, linhaça, chia); frutas e vegetais com elevado teor de vitamina C (laranja, abacaxi), fontes de zinco (sementes de abóbora) e vitaminas do complexo B (cereais integrais).


Dicas para mudar o estilo de vida


• Faz exercício físico leve ou moderado mas regular! O exercício físico irá ajudar-te a dormir melhor
• Marcha, natação, yoga, pilates e condicionamento leve são boas opções
• Modifica o teu estilo de vida, evita e reduz o stress!
• Dorme e descansa mais
• Ri, diverte-te e sai da rotina
• Relaxa e medita
• Adopta uma postura optimista
• Evita o uso excessivo de aparelhos electrónicos
• Toma um multivitamínico. A vitamina C é de extrema importância
• Melatonina, Valeriana e Passiflora ajudam-te a regular o sono e dormir melhor
• Vitamina E, em conjunto com a “C” neutraliza os radicais livres
Magnésio, responsável por inúmeras acções enzimáticas no organismo e permite manter um bom funcionamento químico do organismo
• Suplementos à base de ervas como o alcaçuz, ginseng-siberiano, raiz-de-ouro Rhodiola rósea ou maca, deves também incluir pois são alternativos às vitaminas.

atleta_pose_fadiga_Adrenal


Conclusão


Este é um tema controverso, pois é difícil de identificar e diagnosticar, mas ao mesmo tempo a tua força de vontade e o facto de quereres recuperar são a chave para a solução.

Aposta numa alteração de hábitos, sai da rotina, melhora a tua dieta tornando-a equilibrada, exercício físico e controla os teus níveis de stress e irritabilidade.

atleta_partida_corridA

Verás que tens uma recuperação mais rápida e sadia. O tempo da mesma varia de acordo com a tua vontade de te recuperares.

Pode levar tempo, mas no fim vais ver que mudaste os teus hábitos para melhor e tornas-te te mais saudável e feliz 🙂

 


NOVIDADE


Agora também estamos no Whatsapp. Com conteúdo exclusivo! Para uma motivação extra ? Subscreve já, clicando aqui!

 

 



Rui Eusébio

Rui Eusébio

Escritor

Rui Eusébio é o nosso especialista em conteúdo relacionado com treino e recuperação física. Com uma licenciatura em Fisioterapia pela Escola Superior de Saúde Egas Moniz e formado também em Osteopatia pelo Instituto de Técnicas de Saúde. O Rui tem desenvolvido a sua actividade profissional focando-se na recuperação de desportistas de alto rendimento e também em pacientes com doenças cardiorespiratórias, neuromusculares e musculo-esqueléticas. Para além disso, tem dedicado parte da sua carreira à investigação científica e a fazer cursos que lhe permitam especializar mais nestas área e melhorar o seu desempenho continuamente. Para saberes mais acerca do Rui, consulta os links em baixo: https://www.linkedin.com/in/rui-eus%C3%A9bio-01990953/