Suplementos

Óleo de coco para cabelo: como usar e os seus benefícios

O óleo de coco pode trazer inúmeros benefícios para a saúde do cabelo porque tem duas características, que o tornam um poderoso aliado nos cuidados de beleza e tratamento ao teu cabelo.

São a Nutrição e Hidratação. A sua riqueza em ácidos gordos, minerais e vitaminas como as vitaminas K e E, permite agir no interior do fio, proporcionando brilho, nutrindo e fortalecendo.

O óleo de coco é um produto natural, que possui inúmeros nutrientes essenciais à saúde do teu cabelo, com um potencial elevado e eficiente para os cuidados do cabelo, mas também da pele e unhas, proporcionando um aspeto mais bonito, macio e saudável.

A sua capacidade de reestruturação capilar, promove o tratamento dos fios quebradiços, fornecendo maior hidratação e consequentemente mais vida aos teus cabelos, o que o torna indicado para todos os tipos de cabelos, sejam lisos, encaracolados, pintados, oleosos ou mistos.

OLEO_COCO_BENEFICIOS

Benefícios

1. Penetra no eixo do cabelo


Ao contrário da maioria dos óleos, que apenas hidratam a superfície, o óleo de coco consegue atingir e hidratar o eixo do cabelo:

  • Aplica 3 a 5 colheres, ou a quantidade necessária para o teu cabelo, sobre o cabelo seco e deixa agir, preferencialmente, 4 horas. No entanto, cerca de 30 minutos já consegue proporcionar uma boa hidratação. Podes até dormir com o óleo no cabelo e retirar de manhã. Uma dica para acelerar o processo é usar uma toalha humedecida com água quente ou uma touca.

2. Suaviza o cabelo seco


Confere aquele aspeto de seda ao teu cabelo:

  • Aplicar o óleo nas extremidades e partes mais secas, evitando a raiz.

3. Sela o fio capilar


Consegue melhorar a aparência das pontas duplas, através do envolvimento do fio numa camada protetora, repelindo os agentes externos e a humidade:

  • Aplicar em todo o cabelo e deixar secar.

4. Cabelo mais brilhante


A capacidade de selagem das escamas dos fios proporciona o aumento do brilho dos fios:

  • Adicionar algumas gotas de óleo de coco diariamente, quando pentear o cabelo.

oleo_coco_beneficio_cabelo_nutricao

5. Melhora a circulação sanguínea


A aplicação de óleo de coco no couro cabeludo melhora a circulação no mesmo, aumenta o aporte de nutrientes e consequentemente a oxigenação:

  • Massaja bem o couro cabeludo com o óleo de coco.

6. Propriedades antibacterianas


O óleo de coco contém propriedades antibacterianas e antifúngicas, o que permite combater o elevado teor bacteriano do couro cabeludo.

7. Nutrição


O óleo de coco tem antioxidantes naturais, nutrientes, vitamina E, vitamina K e ferro, conferindo enorme potencial de brilho e suavidade.

8. Proteína


Os ácidos gordos e acido láurico encontrados no óleo de coco protegem as raízes e os fios de cabelo, melhorando em grande medida a saúde do cabelo.

Curiosidades


  • Não precisas de muita quantidade de óleo de coco para veres resultados
  • O óleo de coco proporciona um crescimento mais rápido;
  • O óleo de coco é bastante eficaz a eliminar a caspa;
  • Ajuda e reduzir os danos causados pelos químicos usados na coloração.

oleo_de_coco

Como usar o óleo de coco no cabelo

Pode parecer difícil, mas na verdade é bastante simples. Pode ser usado puro diretamente no cabelo ou misturado com um condicionador ou máscara hidratante. Não existe um consenso científico mas acredita-se que quando usado juntamente com a mascara de hidratação, não existe qualquer risco para o cabelo com aumento do potencial hidratante.

O que pode parecer mais difícil é a parte de remoção do óleo de coco do cabelo. Mas para isso existem algumas dicas infalíveis, como por exemplo, aplicar um condicionar antes do champô e deixar atuar 2-3 minutos. Depois aplicar um champô sem sal durante 1 minuto e por ultimo novamente o condicionador.

O numero de vezes que podes aplicar o óleo de coco no teu cabelo não tem limite, apenas recomendações. Quanto mais seco e desidratado esta o cabelo, mais vezes podes aplicar, ou seja, podes utilizar 1-2 vezes por semana. Se não sentires o teu cabelo muito danificado pode ser 1 a 2 vezes por mês.

Efeitos colaterais e contraindicações

Por ser um produto natural, não apresenta contraindicações, no entanto o seu uso excessivo pode desencadear um processo de quebra ou ressecamento.



Cláudia dos Santos

Cláudia dos Santos

Escritor

Licenciada em Enfermagem e especializada em dietética e nutrição, actualmente trabalho no Hospital Central de Évora. A minha paixão pelo exercício físico surgiu depois de passar anos no ginásio a fazer aulas de grupo. Mais de 10 anos, com poucos ou nenhuns resultados a nível físico, resolvi mudar alguma coisa e foi aí que descobri os treinos de musculação. Mudaram a minha vida. Desde aí que comecei a aliar a musculação e nutrição e os resultados foram incríveis. Não prescindo de um em detrimento de outro, sigo os dois, treino e dieta a 100%.