Suplementos

Qual a melhor proteína para recuperação muscular?

Em termos de recuperação muscular, a whey protein é tida como a fonte de proteína mais eficiente para a recuperação muscular. Este deve-se principalmente do seu perfil de aminoácidos ser muito semelhante ao do nosso músculo (alto valor biológico), mas também graças à grande facilidade de digestão e absorção.

É uma recomendação comum por parte dos especialistas em desporto e nutrição o consumo de cerca de 20 a 30g de proteína de alto valor biológico depois do exercício físico para optimizar a síntese proteica, como por exemplo a whey protein. Esta vai fornecer uma boa quantidade de BCAAs, um conjunto de aminoácidos que promovem a síntese proteica.


De onde vem a whey protein


O leite de vaca contém cerca de 3.5% de proteína, 4.6% de lactose, 0.7% de minerais. 87% de água, sendo que a % de gordura varia com o tipo de leite escolhido. A whey é um subproduto da fabricação do queijo, que hoje em dia é aproveitada para a suplementação, em vez de ser desperdiçada.

Antes de ser preparada para consumo, a whey é composta por 1% de proteína, 5% de lactose, 0.6% de minerais, 0.2% gordura e 93% água. Para termos a nossa whey protein existe um processo de refinação (microfiltração cruzada) para remover a gordura, os minerais, a lactose e a água, oferecendo assim um pó com uma alta concentração de proteína, sem destruir a sua biodisponibilidade.

proteiína recuperação muscular

Dependendo do processo utilizado, podemos obter whey protein concentrada, whey protein isolada ou whey protein hidrolisada. A concentração de proteína mais comum nestes tipos de whey varia entre os 70 e os 95%. Quanto maior é a concentração, maior foi o processo de filtração.


Diferentes tipos de whey


1)Whey Protein Concentrada (WPC) proteína para recuperação muscular

A whey protein concentrada tem por norma um conteúdo proteico entre 70 a 85%, 1 a 2% de gordura e 5 10% de lactose. Ela é obtida usualmente usando um processo único de microfiltração, que tal como vem sugerido no nome, envolver uma filtragem através de uma membrana com buracos microscópicos. É a whey mais barata que temos disponível no mercado, e a mais popular entre os praticantes de ginásio.

 

 

2) Whey Protein Isolada (WPI) proteína recuperação

A whey protein isolada por norma é obtida a partir de um processo de ultrafiltração que remove quase por completo a lactose e a gordura e oferecendo um altíssimo teor proteico (mais de 90%). Por esta razão a whey protein isolada tem um preço um pouco mais elevado que a whey protein concentrada.

3) Whey Protein Hidrolisada (WPH) proteína recuperação

 

A whey protein hidrolisada é usualmente uma proteína isolada que foi pré-digeria por enzimas em péptidos e aminoácidos.O preço devido a este preço é por norma superior a qualquer uma das outras duas proteínas referidas anteriormente.

 

 


Conclusão – qual a melhor proteína para recuperação?


 

Quando procuras uma proteína deves ter sempre em conta os teus objectivos, alergias, altura para tomar, etc Se tiveres uma intolerância a lactose, optares pela whey protein isolada será a melhor opção. Caso não tenhas qualquer problema com alergias, a whey concentrada é uma boa hipótese. Se procuras uma proteína com uma absorção rapidíssima, a whey hidrolisada é a opção certa a ter.

Sem Etiquetas




Quais são os produtos preferidos dos nossos leitores?👀 Clica e descobre 🚀