Treino

Desenvolver o peitoral | 4 pontos essenciais

Todos querem e procuram um peitoral bem desenvolvido, mas também sabemos a dor de cabeça que pode ser. Não há dúvida que leva muito tempo, e exige bastante esforço, dedicação e foco no objectivo.

No entanto há algumas coisas que deves ter em conta para desenvolveres o melhor possível o teu peitoral, e não achares que nunca o vais conseguir.

Estuda estes quatro aspectos e aumenta o teu rendimento. Atinge os teus objectivos de forma mais sustentável e supera-te!


#1 Experimenta movimentos declinados


Esta é uma excelente forma de recrutares os músculos do teu peitoral.

Ao fazeres o movimento declinado vais aliviar a carga nos ombros, e isso irá permitir um maior foco no peitoral

Certifica-te que tens a técnica adequada para usar um banco declinado

E claro, sempre que fores mais pesado no movimento, não te esqueças do spotter para evitar lesões graves

Mantém as pernas seguras na extremidade do banco para dar maior segurança ao movimento

É o exercício mais eficiente para aumentares e definir peitoral

 

desenvolver peitoral


#2 Foco


Esta regra claro que deve ser aplicada ao treino em geral. Não levantes os pesos só porque sim. Foca-te na contração muscular.

Certamente já ouviste falar da conexão mente e músculo. Devem estar em perfeita sintonia. Uma potencia a outra!

Se estás a realizar um exercício, e não sentes o teu peitoral a contrair de forma correcta, baixa o peso e foca-te mais na técnica para sentires os músculos a serem esmagados. Ao fazeres isto irás recrutar um maior número de fibras em cada repetição que faças.

Muitos de nós cometemos o erro de querer realizar os movimentos com carga excessiva, e isso vai condicionar de imediato uma boa contração muscular.

atleta_treino_peito

E claro, há também quem não saiba realizar os movimentos correctamente, e o problema com as contrações musculares surge novamente. O que acontece na maioria das vezes é estarmos a recrutar o deltóide e o tríceps.

A qualidade é sempre mais importante que a quantidade. Por isso deixa o ego de fora, e preocupa-te em sentires cada movimento que fazes o melhor possível.

Foca-te em ficar concentrado: cria desafios mentais, tenta fazer mais repetições. Imagina o que pretendes obter e fixa essa imagem mental na tua cabeça enquanto realizas o exercício.

Hidratação: seja água ou suplementos que tenham cafeína ou outros componentes que potenciem a concentração e te deem energia.


#3 Mantém a intensidade alta


Isto pode ser feito de várias formas.

Podes gerir o teu descanso entre séries, ou podes optar por realizar drop sets ou super séries. Os teus músculos apenas crescem se estiverem sob stress e forem levados ao limite.

O teu corpo é uma máquina inteligente, por isso se estiveres sempre a fazer o mesmo, o corpo adapta-se e não vê razão para evoluir, e é aí que vais estagnar.

Conta de seis até um quando tiveres na fase descendente

Altera um ou dois exercícios do plano de treino de modo a estimular o músculo de forma diferente e quebrares a rotina

Altera de barra para pesos ou vice-versa

Combina exercícios de grupos musculares diferentes

Faz um minuto de cárdio em intensidade alta entre exercícios

Treina a horas diferentes durante a semana

treino_peito_hipertrofia


#4 Como evitar overtraining?


Come os hidratos de carbono necessários para o teu corpo recuperar do treino e os teus músculos se reconstruírem

Avalia se o teu programa de treino está a trazer os resultados expectáveis

Adapta o teu horário de treino à tua agenda e torna-o flexível

Alterna o grupo de músculos que treinas

Alonga durante tempo suficiente após o treino: potencia ganhos musculares e reduz drasticamente a probablidade de lesões

Pede ajuda a um especialista

Treina em grupo: ajuda a perceber o quanto deverias estar a evoluir para além de dar motivação extra

Treina, come, descansa. Respeita os tempos do teu corpo

atleta_myprotein_treino_peito

Já muitos passaram por isto. Treinavam três vezes por semana peito, imensas séries por exercício e os resultados não apareciam. Apenas cansaço e lesões. Mais nem sempre é melhor.

Certifica-te que tens treinos equilibrados. Quantas pessoas não têm treinos de peito gigantescos, com volumes fora do normal, e depois têm treinos de costas leves e pouco intensos? Isto pode levar a lesões e a desequilíbrios musculares.

Mantém uma rotina inteligente. A consistência é a chave, e o teu peitoral vai-se desenvolver.

 



MrProtein

MrProtein

Escritor


Quais são os produtos preferidos dos nossos leitores? Clica e descobre👀 Clica e descobre 🚀