Treino

5 Dicas Para Acelerar o Metabolismo

Será que podes mesmo acelerar o teu metabolismo? Quando a maioria das pessoas pensa num metabolismo acelerado, tem tendência para o associar a alguém naturalmente magro. É comummente assumido que estas pessoas conseguem ter uma composição corporal saudável, graças à genética, independentemente daquilo que façam.

Sem dúvida que um metabolismo que funcione bem é importante para evitar acumular gordura. Mas o aumento do metabolismo é também crítico para muitas funções relacionadas com o bem-estar geral.

Mas o que significa mesmo a palavra metabolismo? Tecnicamente o metabolismo são todas as reações químicas que têm lugar no organismo para o manter vivo. O nosso metabolismo é o processo que o corpo tem em tornar as calorias consumidas em energia.

Um metabolismo forte é muito mais que um corpo esbelto. É benéfico para todos os sistemas orgânicos, melhora a fertilidade e a performance sexual, promove o aumento da massa muscular, aumenta a longevidade e muito mais.

O teu metabolismo desacelera naturalmente depois dos 40, o que significa que é importante seres proativo, e apostares em formas de acelerares o teu metabolismo.

 


Estás a precisar de acelerar o metabolismo?


O teu metabolismo é determinado por vários fatores, começando pela genética claro. Temos ainda a composição corporal (% de massa muscular e gordura), sexo, níveis hormonais, nível de atividade física e idade. Alguns destes factores podem ser controlados por ti (como a massa muscular e a actividade física), enquanto outros não (como a genética e a idade).

O teu metabolismo define quantas calorias consegues queimar, e isto tem um grande impacto na tua aparência, na tua disposição e nos teus níveis de energia. É por isto que a maioria de nós gostaria de ter um metabolismo acelerado. Se sentes que és uma daquelas pessoas com o “azar” de ter um metabolismo lento, vais ficar feliz em saber que isto não é necessariamente verdade.

De facto estudos provaram que pessoas que se queixavam de um metabolismo lento, não se diferenciavam assim tanto no gasto calórico, quando comparadas com pessoas que se identificavam como tendo um metabolismo acelerado.

Como sabes, então, se estás a precisas de um empurrão no metabolismo? Seguem então alguns sinais comuns de quem não tem o seu metabolismo no ponto ideal:

fadiga constante

temperatura corporal baixa, ou sentir frio com frequência

enfraquecimento do cabelo

pele seca

baixo apetite sexual

menstruação irregular

unhas fracas com crescimento lento

dificuldades em adormecer

prisão de ventre

inchaço depois das refeições

problemas de humor

grande dificuldade em perder peso

sede excessiva e boca seca

dificuldade de concentração

hipersensibilidade e reações cutâneas

baixos níveis de energia

pouca motivação para a atividade física

facilidade em ficar doente

metabolismo


Como pode uma dieta prejudicar o teu metabolismo


Uma função metabólica saudável é uma das melhores formas de proteção que o corpo tem. Quando cortamos nas calorias com o objetivo de perder peso podemos ter um impacto negativo no metabolismo, em particular quando isto é feito de forma muito abrupta.

O potencial de perda de peso é reduzido quando o corpo se convence que estamos a ser privados de calorias. O metabolismo torna-se mais lento numa tentativa de defesa, e assim condenamos a perda de gordura. Mas não apenas isto, pois todos os problemas associados a um metabolismo lento enumerados acima, podem surgir.


6 Dicas para acelerar o metabolismo


1) Cuidado com dietas, precisas de calorias

Como referimos anteriormente, se estás com uma dieta muito restritiva, e ainda praticas exercício de forma muito intensa o teu metabolismo vai sinalizar o corpo que é necessário poupar energia, e começar a funcionar mais lentamente.

Ao entrarmos neste modo de poupança de energia, vamos reduzir a capacidade de queimar gordura e de desenvolver a massa muscular.

É necessário ingerir diariamente as calorias suficientes para o bom funcionamento do corpo, sendo que as fontes devem ser alimentos não processados e densos, pois são estes que promovem todas as funções do organismo.

2) Descansa o suficiente

Existe uma ligação entre um metabolismo saudável e o descanso adequado. Se não dormires o suficiente, colocas em causa a perda de peso.

O que acontece é que o corpo poupa energia quando está cansado, e se não descansamos o suficiente estamos a propiciar isso. Os níveis de cortisol sobem (hormona catabólica), o metabolismo abranda, e esta associação é tudo o que não queremos.

3) Experimenta treinos intervalados de alta intensidade (HIIT)

A prática de exercício físico é muito importante para manter uma boa saúde em geral, incluindo o bom funcionamento do metabolismo.

O treino de alta intensidade é conhecido por aumentar o metabolismo e, de facto, consegue fazê-lo de forma eficaz. Para saberes mais um pouco sobre este treino, clica aqui.

aumentar o metabolismo

4) Pratica musculação

Levantar pesos pode ajudar a aumentar o metabolismo, devido ao aumento da massa muscular e, claro, à intensidade que colocamos no treino (de forma semelhante ao treino HIIT).

Experimenta treinar 4 vezes por semana em sessões de 45 a 60 minutos.

5) Evita alimentos prejudiciais

Alguns alimentos prejudicam o sistema digestivo e aumentam o dano provocado pelos radicais livres. São alimentos que prejudicam o metabolismo. O corpo vê os alimentos processados como toxinas, o que deixa o corpo em processo oxidativo.

Evita os seguintes alimentos:

refrigerantes e sumos

alimentos processados como pão, cereais, massa, sobremesas, farinhas, refeições prontas, etc.

óleos refinados

adoçantes artificiais

produtos lácteos