Nutrição

Como perder e queimar gordura localizada? É possível?

Se calhar como muitas outras pessoas também exageras nas bolachas e bolos, em particular durante as férias. Ou tiveste uns dias mais complicados, e refugiaste-te nas bolachas e tortas para “resolver” os teus problemas. Estes “erros” levam a um acumular de gordura, por norma mais localizada na zona abdominal, certo? Aquilo a que muitos chama de gordura localizada.


Será então possível perder e queimar a “gordura localizada”?


A resposta é sim, claro que é possível eliminar a gordura localizada, esteja ela localizada na barriga, nos braços ou nas pernas. Mas não, não é possível eliminá-la através de exercícios específicos para área com maior acumulação de gordura. Como exemplo, não é com abdominais que eliminamos a gordura abdominal, bem com exercícios para bíceps que iremos eliminar a gordura dos braços. Claro que muitas capas de revistas dizem o contrário, e quem tem menos conhecimento e experiência no fitness pode com facilidade ficar confuso com tanta informação contraditória.

gordura localizada

Atingir a gordura localizada é uma ideia comum que se criou em parte através da nossa intuição. Parece lógica que a gordura que queimamos, ou seja, que vamos transformar em energia é aquela que está à volta da área muscular que estamos a treinar. No entanto, um estudo realizado em 1971 pela universidade da Califórnia em jogadores de ténis descobriu que isso está longe de acontecer. Os jogadores de ténis utilizam ou o braço direito ou o esquerdo consoante o atleta. Se a teoria da redução de gordura localizada pudesse ser aplicada, seria expectável que o braço dominante tivesse uma menor % de gordura. Mas quando foram realizadas as medições da gordura nos braços, verificou-se que não havi diferença de gordura entre o braço esquerdo e direito de cada um.

Mais recentemente, um estudo realizado em 2007 pela universidade do Connecticut teve a participação de 104 pessoas durante 12 semanas num treino de musculação. Foi exercitado o braço não dominante nos exercícios. Medições feitas antes e depois concluíram que a perda de gordura tende a ser generalizada, em vez de acontecer apenas no braço que foi treinado.


Mas qual a razão de não existir perda de gordura de forma localizada?


Há algumas razões básicas de fisiologia que provam que a gordura não se reduz de forma localizada. A gordura que está nos adipócitos está sob a forma de triglicéridos. No entanto, as células musculares não conseguem utilizar de forma directa triglicéridos como fonte de energia. Seria como tentar que um carro andasse com petróleo. Primeiramente a gordura tem de ser quebra em glicerol e ácidos gordos livres, que depois entram na corrente sanguínea. Como resultado, a gordura que é metabolizada para ser utilizada como energia durante o exercício prolongado pode vir de qualquer parte do corpo, não apenas da área que estamos a trabalhar no momento.

gordura localizada

Uma outra razão é que muitos dos exercícios associados a redução de gordura localizada na realidade não são muito eficazes na queima de calorias, e se tu não estás a queimar muitas calorias, também não vais conseguir perder muita gordura, esteja ela localizada na barriga ou nas pernas.


Como eliminar então a gordura corporal?


A verdade é que uma corrida é muito mais eficaz para eliminares a tua gordura da barriga, que fazeres 1000 abdominais por dia, simplesmente porque o exercício cardiovascular é muito mais eficaz na queima de calorias.

O treino intervalado de alta intensidade (alternar entre curtos períodos de alta intensidade e períodos de baixa intensidade) pode ser particularmente eficaz devido ao aumento do metabolismo durante várias horas após o término do exercício, e assim queimar mais calorias. O treino com pesos também é muito eficaz. Além de permitir que o nosso corpo queime mais calorias, é extremamente importante mantermos a nossa massa muscular se queremos ter o corpo definido. E claro uma alimentação correcta é essencial, pois caso ingiras calorias a mais daquelas que precisas, nunca vais ficar definido.

gordura localizada

E por último a perda de gordura não se deve a exercícios isolados para atingirmos uma determinada parte do corpo, mas sim ao princípio básico de “quantas calorias gasto” vs “quantos calorias ingiro”. Fazer centenas de abdominais por dia vai-te fortalecer o core, mas não te irá fazer com que os mesmos fiquem mais visíveis, a não ser que reduzas a % de gordura corporal. A combinação de exercício cardiovascular, treino com pesos e a dieta adequada é a solução para reduzir a gordura corporal de vez.

Sem Etiquetas