Suplementos

Proteína para mulheres: 3 mitos desfeitos

Há algumas ideias pré formatadas quando falamos de ingestão de proteína e dietas, em particular quando falamos em mulheres, fitness e saúde. A imagem que temos atrás de alguém que toma suplementos proteicos, é sempre alguém altamente musculado e “inchado”, com um aspecto que a maioria das pessoas não aprova.

De seguida vamos falar sobre alguns mitos que pairam na mente das mulheres quando se fala em proteína, e claro os receios que causa sem qualquer razão na verdade.


Mitos das Mulheres e a Proteína


Mito #1 – A proteína vai desenvolver demasiado os músculos

A proteína faz-te mais forte, e deveria estar associada a ganhos de massa muscular de qualidade. Se treinares de forma correcta e te alimentares também adequadamente, não vais desenvolver qualquer corpo masculino. Esquece a ideia de que vais ficar demasiado musculada. O teu corpo tem uma fracção da testosterona dos homens, e sem ela não irás conseguir grandes ganhos, ou pelos menos que te virilizem. Quando adicionas mais proteína na tua dieta não vais ter o mesmo desenvolvimento muscular que um homem tem, simplesmente porque o corpo da mulher e do homem funcionam de maneiras bem distintas quando falamos em ganhos de massa muscular.

proteína para mulheres

A proteína é essencial para ganhos de força, recuperação e crescimento muscular, o que é muito importante para quem pratica exercício físico. É essencial para a reparação e crescimento dos tecidos, por isso quem pratica musculação, cardio ou aulas de grupo tem necessidade de uma boa ingestão proteica, caso contrário não irá recuperar de forma adequada.

Mito #2 – Ingerir proteína significa a ingestão de batidos de proteína na dieta

Se queres ter um estilo de vida sério e dedicado (treinos regulares, dieta e descanso) é claro que um batido de proteína pode ser benéfico na tua rotina diária. No entanto isto não é sinónimo de ingerir batidos proteicos a todo o momento. As tuas fontes de proteína através da alimentação são imensas, e podes variá-las de forma constante.

Alguns exemplos de alimentos ricos em proteína:

Frango e peru (de preferência o peito)

Peixe

Carne vermelha magra

Ovos e produtos lácteos magros

proteína para mulheres

Mito #3 – Tomo um multivitamínico, não preciso de mais cuidados com a dieta

Sem dúvida que os multivitamínicos são uma excelente fonte de vitaminas e minerais, dois micronutrientes essenciais para o nosso corpo funcionar.

Por exemplo, sem uma boa ingestão proteica o cabelo irá sofrer com problemas, desde falta de brilho a um crescimento lento.

Combinar uma dieta equilibrada, com uma boa ingestão proteica e um multivitamínico estamos a dar tudo aquilo que o nosso corpo precisa para funcionar a 100%.

proteína para mulheres

Sem Etiquetas