Nutrição

Alimentos Orgânicos: o que é? Quais são os benefícios?

Nos últimos anos, os Alimentos Orgânicos têm tido um crescimento significativo em termos de popularidade. No entanto, existe alguma confusão acerca dos benefícios que estes alimentos podem proporcionar. Neste artigo vamos dar a conhecer os efeitos que estes alimentos podem ter, não só em nós próprios, mas também no meio ambiente.


Alimentos Orgânicos

Qual a Definição de “Orgânico”?

A definição oficial de orgânico do Department for Agriculture and Rural Affairs (Departamento do Ambiente, da Alimentação e dos Assuntos Rurais) é:

“A comida orgánica é resultante de um sistema de cultivo que evita o uso de fertilizantes, pesticidas, reguladores de crescimento e aditivos às rações animais. A irradiação e o uso de organismos geneticamente modificados (OGM) e até produtos feitos de ou com OGM são geralmente proibidos pela legislação orgânica.

A agricultura orgánica ou biológica tem como foco um sistema de produção que seja sustentável ao nível ambiental, social e económico. Assim, os sistemas da agricultura biológica baseiam-se na rotação de culturas, na utilização de adubos de origem animal e vegetal, alguma capina manual e um controlo de pragas biológico.

Resumidamente, a comida orgânica é produzida através de meios totalmente naturais.

Então só as Frutas e os Vegetais é que são Orgânicos?

Não são apenas as plantas que podem ser produzidas organicamente. É também possível a criação orgânica de animais, evitando o uso exagerado de antibióticos e outros métodos que não sejam naturais. Além disso, matérias primas como, por exemplo, o algodão, também podem ser produzidas organicamente.

Já devem conhecer a nossa vasta gama de produtos orgânicos – que vão desde proteínas em pó até ao chá verde.


A comida orgânica

Então só as Frutas e os Vegetais é que são Orgânicos?

Não são apenas as plantas que podem ser produzidas organicamente. É também possível a criação orgânica de animais, evitando o uso exagerado de antibióticos e outros métodos que não sejam naturais. Além disso, matérias primas como, por exemplo, o algodão, também podem ser produzidas organicamente.

Já devem conhecer a nossa vasta gama de produtos orgânicos – que vão desde proteínas em pó até ao chá verde.


Benefício Orgânico n.º 1: É Melhor para o Meio Ambiente

A maneira como cultivamos as nossas frutas e vegetais tem um enorme impacto no nosso planeta. Atualmente, é responsável por sensivelmente 14% da emissão de gases de efeito de estufa em todo o Mundo. De acordo com a Associação do Solo (Soil Association), se todos nós optássemos pela “via orgânica”, poderíamos compensar à volta de 23% da emissão de gases de efeito de estufa libertados no Reino Unido.

A agricultura orgânica também ajuda o solo a ser mais resistente ao impacto das alterações climáticas. O solo orgânico é, em geral, mais resistente tanto às secas como às inundações. Visto que o solo não é um recurso renovável, devemos proteger o que temos.

Além disso, a agricultura biológica evita os pesticidas comuns que podem poluir o nosso meio ambiente e a nossa água. Existem mais de 320 pesticidas que são utilizados regularmente, e muitos deles acabam por chegar ao nosso prato.


Benefício Orgânico

Benefício Orgânico n.º 2: É Mais Amigo dos Animais

As explorações agrícolas orgânicas protegem certas zonas-chave que são habitat natural de vida selvagem. Estas incluem charcos, sebes e zonas relvadas. Ao fazer isto, as quintas biológicas albergam até 50% mais vida selvagem, o que é vital para o nosso ecossistema. Por exemplo, 2 em cada 25 espécies de abelha no Reino Unido já se encontram extintas, e estas são as mais importantes polinizadoras de flores e plantas selvagens.


Benefício Orgânico n.º 3: É Mais Nutritiva

De acordo com um estudo efetuado durante 10 anos na Universidade da Califórnia, os tomates biológicos são muito mais ricos em antioxidantes, em particular a quercetina (79% mais elevada) e o kaempferol (97% mais elevada). Por isso, da próxima vez que estiveres a comprar tomates, escolhe os de produção biológica e podes reduzir as hipóteses de doenças do coração e de vários tipos de cancro.

Ainda não existem muitos estudos sobre os benefícios nutricionais dos alimentos orgânicos, mas, tal como indica o estudo acima, estes são naturalmente mais benéficos para o nosso corpo.


 

 Dieta

Benefício Orgânico n.º 4: O Controlo sobre a tua Dieta

Como todos sabemos, o fitness e a nutrição estão intrinsecamente ligados, e à medida que as pessoas se concentram na sua dieta, têm maior tendência para perguntar de onde vêm os produtos que consomem.

Por lei, para a comida ser classificada como “orgánica”, deve obedecer a regras muito rígidas. Isso significa que consegues identificar tudo o que foi utilizado no teu produto biológico – não existem quaisquer surpresas escondidas. Por exemplo, quando compras uma banana, não aparecem na etiqueta todos os químicos e pesticidas que foram utilizados para cultivar aquela fruta. Quando compras produtos orgânicos, não precisas de te questionar sobre o que está para além do rótulo de ingredientes.

Para se tornar classificada como “orgánica”, a comida deve ser livre de ingredientes modificados geneticamente, gorduras hidrogenadas, corantes alimentares artificiais e conservantes. Por isso, se tens consciência que queres ter uma dieta com benefícios mais naturais, comer produtos orgânicos é o caminho mais seguro para lá chegares.

 

 

 

 

 



Helena Kostina

Helena Kostina

Escritor

У каждого из нас есть своя мечта и своя цель, но не каждый из нас знает как добиться того, чего мы так желаем. Мой совет вам всем такой - живите, не теряя к жизни вкус и интерес. Не теряйте больше ни минуты. Достигайте целей, которые вы желаете всем сердцем! Если на пути к мечте вы споткнулись или упали, то встаньте, улыбнитесь и продолжите ваш путь! Верьте в себя, не сдавайтесь, и у вас все получится!


50% em +200 produtos (sem código) + 31% nos restantes produtos (Código: 31PT) Compra!